quinta-feira, 23 de junho de 2011

O balanço dos cargos directivos do SLB

Ontem Rui Costa, hoje António Carraça..

Pois é, António Carraça está de regresso ao Benfica após três anos de ter saído do clube da Luz. O ex-gestor do futebol de formação “encarnado” já iniciou funções como director do futebol profissional.
Carraça, com 53 anos de idade, vai ter de acompanhar directamente a equipa de futebol, fazendo assim a ligação entre a direcção, a equipa técnica e os jogadores do Plantel encarnado.
Basicamente, António Carraça irá desempenhar as funções que Rui Costa desempenhava.

E o onde ficará Rui Costa no meio disto tudo ??
Rui Costa deixará de estar tanto com o plantel, e estará assim mais próximo do presidente Luís Filipe Vieira, nomeadamente nas contratações.

Esta reorganização da estrutura do futebol encarnado deve-se principalmente a algumas "falhas" na temporada passada.
Aliás, Luís Filipe Vieira, já tinha dito em entrevista à TVI que o ex-futebolista poderia fazer “um trabalho muito mais válido do que neste momento está a fazer”, negando ter tentado "encostar" Rui Costa ou mesmo qualquer outra divergência com o ex-Jogador da Luz.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Pós-telenovela de AVB, FC Porto e Chelsea e Vítor Pereira, o novo treinador do FCP

André Villas-Boas vai mesmo para o Chelsea.
Espera-se um grande desafio, e esse desafio é conseguir agradar o caprichoso Abramovich.
Abramovich é capaz de reunir todas as condições necessárias para o jovem técnico se impor na época que lhe espera, como por exemplo, comprar jogadores caros ou até mesmo de altas clausulas de rescisão como o FC Porto tem, algo que é muito falado e possível(já se fala em Falcao e Moutinho). Se André Villas-Boas não alcançar o pretendido por Abramovich, dificilmente ele continuará no cargo de treinador do Chelsea.
                                    
 Vítor Pereira é o novo treinador do FC Porto e segundo Pinto da Costa afirma, Pinto da Costa já tinha pré-acordado com Vítor Pereira se queria suceder a André Villas-Boas logo quando este viajou para Londres na semana passada(quando ainda era treinador do FC Porto), com o intuito da possibilidade de Villas-Boas querer aceitar o convite do Chelsea, ou seja, Pinto da Costa já tinha tudo preparado quando notou indícios do interesse do ex-treinador do FC Porto rumar para o Chelsea. Vítor Pereira já passou como treinador principal
 o Santa Clara e o Sp. Espinho.

Telenovela de AVB, FC Porto e Chelsea


Chelsea, Manchester City e Real Madrid são aqueles clubes que não têm problema nenhum em gastar balúrdios por só um único jogador(imaginem com mais do que um). O Inter(como a comunicação social assim o disse) teve interesse em André Villas-Boas, mas recusou porque não quis aventurar-se em gastar 15 milhões € pelo jovem treinador(gastar 15 milhões por um treinador é muito), mas o Chelsea chegou logo ali e mostrou-se disponível para gastar esse dinheiro. Embora 15 milhões estejam à porta, esses 15 milhões não chegam para tirar André Villas-Boas do cargo de treinador do FC Porto, falta também o seu querer. Eu até compreendo os loucos 15 milhões € ou cerca de 13 milhões £ que o Chelsea quer dar, com o facto de ter sido treinador adjunto de Mourinho, de já ter trabalhado com Bobby Robson, de já ter ganho a Taça de Portugal, Supertaça de Portugal, o Campeonato Português e a Liga Europa duma assentada com uns surpreendentes 33 anos e com 2 anos feitos como treinador principal(isto dito no sentido positivo).

Alguns portistas vêem isto com desânimo e com desejo que ele continue para a próxima época, outros reagem a esta notícia com indiferença porque têm uma grande confiança no presidente Pinto da Costa e acham que qualquer um que vá para treinador do FC Porto é tido como certo campeão nacional.
Na minha modesta opinião, André Villas-Boas não deveria ainda sair do FC Porto, porque para além de ter alcançado excelentes resultados nacionais e a Liga Europa, falta-lhe uma coisa essencial e essa coisa é a experiência na Liga dos Campeões e enfrentar clubes de grande porte, o que eu acho fundamental para um treinador antes de este ir para um clube que tem como mentalidade, a exigência de ganhar a Taça da Liga dos Campeões. Até agora, André Villas-Boas ainda não enfrentou colossos europeus.

André Villas-Boas poderá deixar o clube a uma semana da pré-época, deixando o clube com pouco espaço de manobra para orientar a equipa para a época que se avizinha e o FC Porto não tem muita escolha aqui em Portugal, visto que Domingos Paciência acabou de assinar pelo Sporting, a mesma coisa aconteceu a Leonardo Jardim que acabou de assinar pelo Sp.Braga e Jorge Costa que embora esteja no estrangeiro assinou recentemente pelo Cluj da Roménia.

Diz-se que se André Villas-Boas for para o Chelsea, Radamel Falcao estará na mira do clube inglês(acho que com ou sem André Villas-Boas, ele já deve estar), mas para o futuro do colombiano estar em Londres será preciso bater os 40 milhões da clausula de rescisão.
Iremos ver como esta telenovela progride e iremos ver se terá futuro ou se ficará por aqui, haver vamos.